Home América do Norte México 7 dias pelo México com criança: Cancun, Riviera Maya e Chichen Itzá
7 dias pelo México com criança: Cancun, Riviera Maya e Chichen Itzá

7 dias pelo México com criança: Cancun, Riviera Maya e Chichen Itzá

8

Quando começamos a montar o nosso roteirinho mexicano pensamos em conhecer lugares turísticos e também outros que não fossem tão divulgados, mas que poderiam ser bem legais para ir com a Luna. Pesquisa daqui, pesquisa dali e montamos um roteiro que foi perfeito para a gente – uma família curiosa e inquieta que quer conhecer um pouquinho de cada coisa em uma só viagem. Se você é assim também, arrume as malas, aproveite as dicas e boa viagem! Arriba!

Dividimos o roteiro em: 2 dias em Chichen Itzá, 4 dias na Riviera Maya e 2 dias em Cancún.

Dia # 1 – Chichen Itzá

Depois de 9 horas de vôo, saindo do Rio de Janeiro às 01:30 e chegando às 10h30 no aeroporto de Cancun, fomos ao encontro da pessoa responsável pela empresa America Car Rental e pegar o carro alugado. Decidimos não fazer o câmbio no aeroporto pelo simples fato de estar muito mais baixo (U$ 1 = 14,5 pesos mexicanos) enquanto que na maioria das casas de câmbio e hotéis a cotação estava 16,5 e 17 pesos mexicano.

O aluguel do carro foi uma mega ultra promoção que tivemos ao comprar as passagens pelo site da Copa Ailines que ofereceu quase 70% de desconto no aluguel de carro pelos dias que iríamos ficar no México (R$400,00 por 8 diárias). Então fique atento que as companhias aéreas estão com parcerias com as locadoras e vale muito a pena estar com carro alugado, pois todos os passeios são distantes um dos outros. Outra vantagem é que como o México é super quente, acabamos fazendo os nossos horários com liberdade para chegar e sair a hora que quiséssemos, respeitando os horários da Luna.

Dicas: para dirigir no México basta levar a carteira de motorista brasileira. O fuso horário são duas horas a menos que o Brasil.

São 2h30 até Chichen Itzá e a estrada é ótima. Chegamos às 15h30 no Hotel Mayaland Hotel & Bungalows (leia o post completo aqui). A tarde foi livre para curtir esse hotel maravilhoso 5 estrelas e de frente para às ruínas.

O Mayaland Hotel & Bungalows‎ foi o primeiro hotel em Chichen Itzá, construído em 1923 com fortes tradições maias
O Mayaland Hotel & Bungalows‎ foi o primeiro hotel em Chichen Itzá, construído em 1923 com fortes tradições maias

Dia # 2 – Visita às Ruinas de Chichen Itzá

Acordamos cedo e depois do café fomos conhecer às ruínas. O Parque abre às 8h e o bom desse hotel é que ele está a 5 minutos da portaria e que pudemos explorar todos os pontos principais enquanto as excursões não estão por lá (elas chegam por volta das 10h30). E passamos a manhã desbravando cada cantinho.

Perto do Jogo de Pelotas está uma imponente obra - o Templo dos Jaguares.
Perto do Jogo de Pelotas está uma imponente obra – o Templo dos Jaguares.
O Cenote Sagrado é uma das atrações principais do sítio arqueológico de Chichen Itzá.
O Cenote Sagrado é uma das atrações principais do sítio arqueológico de Chichen Itzá.

Voltamos para o hotel na hora do almoço e fizemos o check out. Optamos almoçar no restaurante do próprio hotel (125 pesos = 8 dólares) que é um sistema de buffet com várias estações gastronômicas. Tem Cozinha Internacional, Cozinha Maia, Cozinha Mexicana, Saladas, Hamburgueria, Tacos e diversas sobremesas.

Essa é a estação de tacos do Restaurante do Mayaland Hotel & Bungalows. Deliciosos e fresquinhos feitos na hora.
Essa é a estação de tacos do Restaurante do Mayaland Hotel & Bungalows. Deliciosos e fresquinhos feitos na hora.
Outras duas estações: a Culinária Maia e a Mexicana
Outras duas estações: a Culinária Maia e a Mexicana

Depois do almoço estava programado conhecer o Cenote Ik Kil que fica a uns 3 km dali e vale muito a pena, inclusive por ser um dos mais bonitos da região (pode tomar banho), mas Luna estava com um pouquinho de febre e resolvemos ficar mais tempo no hotel para ela dormir um pouco no carrinho.

À tarde partimos para Playa del Carmen que são 2h30 de viagem pela estrada Mérida Livre que não tem pedágio.

Check in Euroestars Hacienda Vista Real & Spa.

O Hacienda Vista Real é um hotel lindo que fica em Playacar, um bairro repleto de mansões
O Hacienda Vista Real é um hotel lindo que fica em Playacar, um bairro repleto de mansões

Dia # 3 – Cenote Azul e Playa del Carmen

Depois do café da manhã no hotel fomos conhecer o Cenote Azul, leia o post completo aqui. Fica a uns 25 km do hotel e chegamos por volta das 10h  e estava super tranquilo. Passamos a manhã toda nele e depois partimos para Playa del Carmen para almoçar e conhecer o balneário.

Vista de cima do penhasco mostra a beleza impressionante do Cenote Azul
Vista de cima do penhasco mostra a beleza impressionante do Cenote Azul

Dia # 4 – Riviera Tulum: Ruinas e Playa Paraíso

A Riviera Tulum fica uns 60 km de Playa del Carmen e levamos 1h15 para chegar. A rodovia 307 é ótima e muito bem sinalizada. Saímos 9h do hotel e chegamos 10h15 até o estacionamento das Ruinas de Tulum. Ao chegar no local vários vendedores vem atrás dos turistas, sugerindo lugares para estacionar, lojas para comprar souvenirs, mas não demos importância e estacionamos em um local onde tem um pequeno shopping (última entrada do lado direito, antes do portão do parque) e pagamos 40 pesos.

Para chegar na bilheteria do parque tem duas formas: uma caminhando por mais ou menos 20 minutos e outra de trenzinho (20 pesos por pessoa ida e volta, e criança até 2 anos não paga). Como estava bastante quente optamos pela segunda opção e que a Luna adorou!

O trenzinho é uma opção barata e confortável para se chegar até as ruínas de Tulum
O trenzinho é uma opção barata e confortável para se chegar até as ruínas de Tulum

A entrada do Parque custa 65 pesos e mais 45 pesos pela taxa para uso de filmadora, incluindo Go Pro (taxa por família). Apesar do sítio arqueológico ficar na beira da praia, o lugar é bastante quente, principalmente para crianças. O ideal é chegar bem cedo para pegar o sol ainda mais brando.

As ruínas de Tulum ficam na beira da praia, um encontro da cultura maia com a natureza.
As ruínas de Tulum ficam na beira da praia, um encontro da cultura maia com a natureza.

Depois de umas 2 horas passeando pelas ruínas, resolvemos conhecer uma praia bem ao lado das ruínas chamada Paraízo, que é considerada umas das 4 praias mais bonitas do mundo. Dali até a Playa Paraízo são 20 km e é só seguir em direção à Riviera Tulum e lá no final da rodovia 307 virar à esquerda. Não é tão fácil encontrar, mas perguntando todo mundo sabe indicar. Nessa praia há várias barracas pé na areia e escolhemos Cabanas Zazil Kin para passar a tarde. Atenção: em todas as praias eles cobram taxa para aluguel de cadeira ou cama e dependendo do lugar vai de 100 a 190 pesos.

A Playa Paraizo, na Riviera Tulum, é considerada uma das 4 prias mais bonitas do mundo
A Playa Paraizo, na Riviera Tulum, é considerada uma das 4 prias mais bonitas do mundo

Dia # 5 – Xcaret

Reserve um dia inteiro para os parques!!! Escolhemos o Xcaret por ser o mais conhecido e recomendado para crianças pequenas e ainda por ter atrações diferentes em um mesmo lugar. Chegamos lá por volta das 10h e já havíamos comprado as entradas pelo telefone 08008923371 direto com o Parque. O atendimento via telefone é em português e eles são super organizados. Pagamos U$105 dólares pelo Xcaret Plus cada adulto e criança menores de 59 centímetros ou menores de 4 anos entram de graça. O plus dá direito a um armário por adulto para guardar bolsas e documento, equipamentos para as flutuações e um almoço completo (entradas, prato principal, sobremesa bebidas) em um dos 5 restaurantes do parque.

O Aviário é uma atração mais recente do Xcaret e um lugar incrível com aves de várias espécies.
O Aviário é uma atração mais recente do Xcaret e um lugar incrível com aves de várias espécies.

Prepare-se nesse dia para levar: filtro solar (nos rios não podem ser usado), boné, toalha, chinelo, blusa de lycra (a água do Rio Subterrâneo é bastante fria) e uma roupa para trocar depois dos mergulhos. Leve tudo em uma bolsa pequena ou no máximo duas pois os armários são bem pequenos.

O Rio Subterrâneo é uma das atrações imperdíveis do Parque Xcaret.
O Rio Subterrâneo é uma das atrações imperdíveis do Parque Xcaret.

Dia # 6 – Playa de Akumal

Acordamos cedo e fomos em direção à Akumal, que fica na metade da rodovia que vai para Tucum. A praia é super tranquila e quentinha, ideal para criança pequena e adultos que gostam de piscina. Ali tem diversas atividades aquáticas, opção de mergulho para ver as tartarugas, ótimo para caminhadas, pois a areia é durinha e tem bons restaurantes. Escolhemos  o Restaurante Lol-Ha como ponto de apoio e também para almoçar.

A praia de Akumal é uma ótima opção para família com águas quentinhas, sem onda e bons restaurantes
A praia de Akumal é uma ótima opção para família com águas quentinhas, sem onda e bons restaurantes

 

Dia # 7 – Laguna Yal-ku e Playa Xpu-ha

De manhã curtimos o hotel e depois do almoço fomos mergulhar na Laguna Yal-ku (leia o post completo aqui) que fica uns 5 km da praia de Akumal. O lugar é espetacular!! As águas são mais quentinhas do que nos cenotes porque a lagoa se encontra com o mar e entram correntes quentes do Mar do Caribe. A transparência é impressionante! Muitos peixes para se ver e mergulhar bem juntinho. É um lugar lindo para ir com as crianças! Pagamos U$19 por pessoa e criança até 2 anos não paga. Caso queira colete, snorkel e pé de pato eles cobram pelos equipamentos (alugamos só o colete por 45 pesos). O lugar tem como infra estrutura banheiros e uma pequena lanchonete.

A lagoa de Yal-ku é um lugar belíssimo para se mergulhar e ver muito peixes. O encontro da lagoa com o mar faz a água ficar mais quente
A lagoa de Yal-ku é um lugar belíssimo para se mergulhar e ver muito peixes. O encontro da lagoa com o mar faz a água ficar mais quente

Depois seguimos em direção à uma praia chamada Xpu-ha. Voltando de Akumal ela fica na altura do Restaurante El Cielo (do outro lado da pista, canto esquerdo para quem está indo para Akumal) e entramos para conhecer e curtir umas duas horinhas a Playa Xpu-ha. Tem que prestar muita atenção, pois a placa é pequena (começa a ficar atento entre o Hotel Catalonia Royal Tulum e Bel Air Collection). Tem várias entradas particulares para essa praia e se paga 40 a 50 pesos por carro para visita-la. Nós não ficamos no Restaurante Cielo porque estava com um evento privado e acabamos entrando em uma das entradas particulares mesmo, só que não há infra estrutura e é quase uma praia deserta. Mas valeu muito a pena conhecer!

Xpu-ha é um paraíso escondido bem pertinho de Playa del Carmen
Xpu-ha é um paraíso escondido bem pertinho de Playa del Carmen

Check out do hotel e rumo à Cancún.

Check in no Ocean Dream BPR, um flat super bem localizado  (km 9,5) perto dos bares, restaurantes, boates e atrações.

O Flat Hotel Ocean Dream fica localizado no coração da zona hoteleira de Cancún, a 100 metros dos restaurantes e bares
O Flat Hotel Ocean Dream fica localizado no coração da zona hoteleira de Cancún, a 100 metros dos restaurantes e bares

À noite, em parceria com a agência Travel Ahead, fomos ao Xoximilco nos divertir numa verdadeira noitada à la México (leia o post completo aqui). Conhecido como a Veneza Mexicana, é um passeio pelos canais de Cancún com muita música regional, comidas típicas e alegria desse povo caliente.

Xoximilco é uma atração diferente em Cancún. Considerado a Veneza mexicana é muito animado para se ir em família ou com amigos.
Xoximilco é uma atração diferente em Cancún. Considerado a Veneza mexicana é muito animado para se ir em família ou com amigos.

Dia # 8 – Isla Mujeres

Depois do café seguimos para o Pier La Tortuga que fica no km 6,5 da orla que estamos (3 km do nosso hotel) para pegar um ferryboat para Isla Mujeres. As embarcações saem de hora em hora e a travessia dura 35 minutos. A passagem custa U$19 por adulto ida e volta e U$12 para criança (até 1 ano não paga). Atravessamos às 10h e curtimos muito a ilha e voltamos no ferryboat de 16h.

Isla Mujeres é um passeio bem legal para um dia inteiro. São vários pontos interessantes para se conhecer na ilha
Isla Mujeres é um passeio bem legal para um dia inteiro. São vários pontos interessantes para se conhecer na ilha

À noite, em parceria com a agência Travel Ahead, fomos participar da grande aventura do Barco do Capitão Hook. Um jantar show onde embarcamos em um navio pirata que conta a história desses navegadores que buscam tesouros pelos mares afora. Luna adorou e até hoje fala nos piratas!

O Capitão Hook é uma embarcação temática que o turista é convidado a embarcar numa aventura em busca do tesouro do pirata
O Capitão Hook é uma embarcação temática que o turista é convidado a embarcar numa aventura em busca do tesouro do pirata

Dia # 9 – Shopping La Isla e retorno ao Brasil

Depois do café, curtimos a manhã no hotel, sua praia em frente e sua piscina maravilhosa… Fizemos o check out e fomos almoçar e dar uma voltinha no famoso Shopping La Isla.

Retorno ao Brasil… que pena!!! Acabou!!!

O Shopping La Isla é um lugar badalado com muitas lojas e restaurantes, ideal para final de tarde
O Shopping La Isla é um lugar badalado com muitas lojas e restaurantes, ideal para final de tarde

Curta o nosso Facebook aqui!

Inscreva-se em nosso Canal You Tube aqui!

Gostou? Compartilhe!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Comment(8)

  1. Olá! Iremos para o México em julho com duas crianças (uma de 4 anos e outra de 1 ano e meio) e estamos em dúvida em relação à cadeirinha para o carro. Vamos alugar um carro em Cancun e iremos levar uma cadeirinha para a caçula, porém para o mais velho estamos pensando em alugar (o que pode custar o preço de uma cadeira nova no Brasil) ou levar um booster (que na legislação brasileira ele já estaria apto para usar). Mas como é no México? Saberiam nos informar. Obrigada! Mariane

  2. Olá ,
    Iremos para o México em agosto e vamos levar nossa filha de 1 ano e 9 meses.
    Gostamos muito do seu roteiro e gostaria de saber, você levou carrinho de bebe daqui ou não levou, pretendemos fazer um passeio no parque xcaret e tbem no cenote azul e talvez em chichen itza. Acha tranquilo ir com carrinho nestes passeios.
    Estou pensando em levar do Brasil o carrinho, porque a Rafinha pode se cansar durante os passeios e querer tirar uma soneca, fora que ela está muito pesada para carregar no colo.

  3. Olá. Vou pra Cancún com meu filho de 1 ano e 6 meses e fico preocupada com a alimentação dele lá. Você tem dias de restaurantes? :)

Deixe uma resposta