Home África Marrocos Essaouira: bate-volta até a linda cidade praiana e medieval
Essaouira: bate-volta até a linda cidade praiana e medieval

Essaouira: bate-volta até a linda cidade praiana e medieval

8

Essaouira foi uma das grandes descobertas em Marrocos. Quando estava montando o nosso roteiro pelo país (Leia Marrocos com Criança: um roteiro lúdico e com muitas experiências), vi fotos lindas da cidade, porém poucas informações do que fazer por lá. É um lugar bastante procurado pelos turistas admiradores de frutos do mar, porque a cidade oferece um mercado do peixe bastante famoso, e pelos turistas que amam esportes náuticos, uma vez que venta muito, sendo referência para prática de kitesurf.

Mas se você não se encaixa em nenhum dos dois perfis de turista, ainda assim vale a pena visitar Essaouira pela história, belas construções e paisagens únicas de tirar o fôlego. Então,ao longo do post vamos numerar as atrações que indicamos conhecer.

Bate-volta a Essaouira a partir de Marrakesh

Saímos do Jnanat Aicha, um riad espetacular na zona rural de Marrakech,  por volta das 8 horas da manhã com a Ppath Morocco, uma  empresa séria, com atendimento nota 10 que escolhemos para fazer todos os passeios por Marrakesh e sua zona rural, Essaouira, Cascatas de Ouzourd e Deserto de Merzouga.

essaouira8
Com a Ãngela, da Ppach Morocco (à esq.) e o motorista, serviço especializado e de qualidade para os turistas

Como falei em outros posts, as vantagens que viemos em fazer os passeios com a agência:

  • Eles vão montar o melhor roteiro com custo x benefício adequado ao seu bolso
  • Como eles têm conhecimento vasto da região, vão fazer experiências diferenciadas para o seu perfil de viajante
  • Serviço de qualidade e com parceiros de confiança
  • Otimizam o seu roteiro para que possa aproveitar o máximo cada lugar
essaouira18
A Ppath Morocco tem carros confortáveis que dão todo o conforto partos viajantes.

O caminho

Do centro de Marrakesh são 176 km de estrada tranquila, bem asfaltada com paisagens que mudam a todo o momento. Horas passamos por campos verdes, horas por campos floridos (fomos em abril na estação das primavera) e viajamos sempre ao lado das belas Montanhas do Atlas.

essauira12
No caminho para Essaouira, as paisagens mudam a todo o momento; flores, deserto e campos de argan.

1. Árvore de Cabras

Quando entramos na zona do Argan, a mágica começa a acontecer! Notamos as árvores enfileiradas e verdinhas que dão a frutinha que vai gerar o famoso óleo de argan, tão desejado pelas mulheres. Mas não é nisso que iremos falar agora e sim uma curiosidade local: as cabras em cima dessas árvores! Como assim? Isso mesmo que você leu, várias cabrinhas trepadas nas árvores!

Essa exótica cena é porque as cabras adoram comer as frutinhas do argan e, por isso, sobem e ficam ali tranquilamente só mastigando e posando para as fotos.

arvorecabras
Inacreditável a árvore de cabras no caminho para Essaouira

2. Cooperativa de Mulheres 

Mais para frente, antes de chegar na cidade de Essaouira, paramos para visitar a Cooperativa de Mulheres e conhecer como elas fabricam os produtos a partir do argan. É quase que obrigatório visitar esses lugares, uma vez que  Marrocos possui inúmeras fazendas de cultivo e exporta para todo o mundo. puro. Na cooperativa, todo o processo é artesanal e cuidadosamente monitorado, até chegar ao produto final e comercializado na lojinha da cooperativa.

São sabonetes, shampoos, cremes para o rosto e corpo, máscaras, pastas, geléias, azeites e óleos 100% puro.. Tantos produtos que acabamos ficando doidos para levar tudo!

cooperativaargan
Na Cooperativa de Mulheres a produção do argan é artesanal e o óleo 100% natural.

Essaouira, a cidade que é ao mesmo tempo descolada e histórica

Logo que chegamos na cidade, demos uma paradinha em um mirante lindo para avistar a cidade banhada pelo Oceano Atlântico Norte. Nesse mirante, há pessoas com os dromedários para que os turistas possam andar ou tirar fotos.

essaouira
Desse mirante na entrada de Essaouira é possível ver toda a cidade.

3. Porto Antigo e Castelo Real de Mogador

A nossa primeira parada foi no porto antigo para passar pelo Portão da Marinha e conhecer onde atracam os barcos. No mesmo lugar, visitamos o belo Castelo Real, caminhamos por suas muralhas e fotografamos os canhões portugueses. Foi um momento para entender um pouco da história da cidade. Ela já se chamou Mogador, nome dado pelos portugueses que aqui estiveram no século XVI e construíram a bela fortaleza chamada de Castelo Real, localizado no porto. Em 1525, foi conquistada pelos marroquinos que, na época, foi transformada pelo sultão como o porto  exportador do país, passando a se chamar Essaouira.

essaouira5
Canhões portugueses que ainda estão nos mesmos lugares. Ao fundo o porto antigo de Essaouira.
essaouira3
Muralhas e Castelo Real de Mogador, fundado no séc. XVI pelos portugueses.

4. Praça da Mellah e Mercado do Peixe

Do outro lado do porto fica a praça principal que possui um astral maravilhoso. Música, dança, barquinhas vendendo vários frutos do mar, restaurantes e pessoas caminhando em todas as direções. Tudo isso traz uma atmosfera especial à Essaouira, que os viajantes voltam apaixonados pelo lugar.

essaouira6
Praça principal de Essaouira onde fica o Mercado do Peixe
essaouira7
Em Essaouira, as barracas ao longo da praça principal vendem frutos do mar para serem degustados pelos turistas.

Dica: Uma ótima opção é almoçar no Restaurante Taros, em frente a praça principal. Uma comida deliciosa, preço justo e bom atendimento.

essaouira13
Restaurante Taros, em Essaouira, um dos mais recomendados para degustar ótimos pratos de fruto do mar.

5. Medina Antiga

Mais na frente, caminhando pelas ruas, entramos na Medina Antiga, uma verdadeira viagem aos mercados antigos e ruelas medievais de Essaouira. Um espaço borbulhante e cheio de vida envolvido pelos cheiros das especiarias, comidas típicas e essências.

essaouira16
A Medina Antiga de Essaouira vende de tudo. Os tapetes coloridos são lindos.
essaouira17
Em Essaouira,muitas tendas e variedades de trabalhos artesanais como preço melhor do que de Marrakech.

Dentro das muralhas enormes, encontram-se tendas com infinitos artesanatos, tapetes coloridos, sapatos, roupas, quadros, objetos de decoração e muitos acessórios. Os preços são bastante atrativos e muito mais barato do que os souks de Marrakech.

essaouira14
A Medina Antiga de Essaouira e suas tendas de artesanato.
essaouira15
Ruas lotadas da Medica Antiga e o artesanato de Essauouira.

Post apoiado – Esta viagem foi parceria com a empresa Ppath Morocco e Marhaba Vamos a Marrocos que organizaram de Marrakech ao Deserto de Merzouga. O Viajando por Aí agradece todas as parcerias realizadas. Temos sempre o compromisso com nossos leitores e telespectadores de mantermos a transparência da experiência que tivemos e dos serviços oferecidos. 

________________________________

Deixe o seu comentário e compartilhe com a gente a sua viagem para te conhecer melhor.

Procure pela hashtag que usamos nas redes sociais Facebook Instagram#vpaemmarrocos

Inscreva-sem no nosso Canal You Tube e seja avisado dos novos episódios! Ah, aproveita e dá um like para ajudar nas visualizações. Obrigada!

________________________________

Planeje a sua viagem para Marrocos

Se você gosta das nossas dicas, planeje sua viagem pelos links indicados. Você não paga nada mais por isso e ainda fornece uma pequena comissão ao blog.

booking

 

BOOKING.COM, pagando em moeda local, sempre com garantia de menor preço e opção de cancelamento gratuito.

SEGUROS PROMO. Faça seu Seguro Viagem utilizando o código VIAJANDOPORAI5, você recebe 5% de desconto adicional e ainda pode parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto adicional no pagamento com boleto bancário. Lembre-se que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO NA EUROPA,mas recomendado em todos os países do mundo.

Outros post sobre Marrocos:

Gostou? Compartilhe!

Facebooktwittergoogle_pluspinterestmail

Comment(8)

  1. Sou doida para conhecer Marrakesh! Mas não tinha ouvido falar de Essaouira ainda, que cidade interessante!
    Muito show o passeio de vocês por lá… Bom saber que rola fazer um bate volta para lá! Curto demais a cultura marroquina! :)

Deixe uma resposta